Fale Conosco
RJ: (21) 3382-9100
SP: (11) 2157-7092

Google Plus

Controle de Acesso via IP

20•09•2016

O vídeo em rede revolucionou o mundo do CFTV. Hoje, a indústria de controle de acesso está numa migração similar e, novamente, a direção é a transição para os sistemas baseados em TCP/IP. A migração dos sistemas de controle de acesso para um ambiente digital certamente trará muitos benefícios. Entre eles estão a redução dos custos de instalação, facilidades de configuração e gerenciamento, além de oferecer flexibilidade para os sistemas e propiciar a integração com outros produtos de segurança. Obviamente a tecnologia IP não é totalmente desconhecida ou nova na indústria de controle de acesso. Contudo, os sistemas existentes não exploram plenamente as vantagens do IP.

Normalmente, um sistema de controle de acesso depende das características de cada dispositivo, são sistemas proprietários, que limitam o usuário final a um único provedor de hardware e software.

Além disso, o processo de expansão dos sistemas analógicos tradicionais é complicado, já que é necessário considerar que um controlador central típico deve ser criado para acomodar um determinado número máximo de portas. A falta de flexibilidade pode tornar custosa a adição de um aporta extra.

Sem a necessidade de executar o cabeamento para uma unidade de controle ou servidor central, os sistemas baseados em IP permitem instalação não proprietária, flexível e escaláveis. Isso significativa não apenas uma solução mais versátil, mas também uma melhor relação custo-eficiência. Sem restrições de ampliação do sistema em múltiplos determinados, um sistema baseado em rede pode ser ampliado de acordo com a necessidade do usuário.

A transição para soluções baseadas em IP tornará a implementação dos sistemas de controle de acesso muito mais atrativa. Resolverá muitas limitações dos sistemas tradicionais existentes, trazendo funcionalidades adicionais além do controle de porta convencional.

A implementação desses sistemas, independentemente do seu tamanho, é, portanto, mais rápida e menos trabalhosa do que a de um sistema analógico semelhante. A “inteligência” distribuída os tornam menos vulneráveis às interrupções de energia e falhas de rede. O UPS e o armazenamento de eventos em buffer local, com a comunicação criptografada, contribuem para o mais alto grau de confiabilidade e segurança.

Fonte: Revista RTI Edição de Setembro/2016

847515115327467

Empresa de serviço de instalação e manutenção de PABX hibrido digital IP Central telefônica Servidor voz VoIP Gateway celular Interface Cabeamento rede estruturada infraestrutura dados CFTV RJ
Serviço, PABX, hibrido, digital, IP, Central, telefônica, Servidor, voz, VoIP, Gateway, celular, Interface, Cabeamento, estruturado, rede, infraestrutura, dados, CFTV